Skip to content

E-commerce nos EUA – Insights para ser bem-sucedido na América do Norte!

September 06, 2019
Se você está pesquisando sobre o potencial de vendas de um e-commerce nos EUA, seja para fazer investimentos ou para expandir seu comércio eletronicamente para o mercado Norte Americano, este artigo foi escrito especialmente para você!

Seja no Brasil ou no exterior, uma coisa é certa: se você tem um negócio, é claro que precisa vender! E quando falamos em América do Norte, é preciso estar atento a uma série de pontos estratégicos, para não perder o foco das vendas e acabar tendo problemas financeiros sérios no fluxo de caixa e na lucratividade do empreendimento.

Por isso, hoje nos dedicamos a falar sobre esse assunto que não pode ser deixado de ser comentado.

Então, veja agora como melhorar seu posicionamento e a lucratividade dos seus negócios, investindo em um e-commerce nos EUA.

Ela é verdadeira e quer dizer que é preciso conhecer bem sua rota de navegação, para que as intempéries não incorram em problemas para você!

Por isso, fique bem atento no seu mercado e conheça bem seu público-alvo.

O que isso significa?

Significa que você precisa entender as dores e necessidades de seu mercado, por exemplo:

Quais são os produtos que você vende ou os serviços que você oferta. 
Qual é a faixa etária do seu público-alvo?
Quais são as maiores necessidades do seu público e por que ele precisa e quer os seus produtos ou serviços?
Mapeie e tenha todas essas definições, antes mesmo de começar a vender no mercado que escolheu, pois, somente conhecendo os pontos específicos correlacionado ao mercado, É QUE VOCÊ CONSEGUIRÁ SER BEM-SUCEDIDO!

Temos uma pergunta simples: 

Você investe (ou pretende investir) em pesquisas e benchmarking para conhecer bem os consumidores americanos, de modo que seu e-commerce nos EUA seja campeão de vendas?

2. Saiba precificar seus produtos ou serviços
Nem sempre a empresa sabe realmente precificar os produtos e serviços, e é aí que está outro grande problema, pois a falha nesse sentido, resulta em prejuízos financeiros e falta de lucro, e é por isso que muitas vezes, quando mal precificado, a empresa mesmo vendendo, não consegue pagar os custos empresariais. 

E como precificar?

Nesse caso, é preciso fazer cálculos precisos. 

E o que entra nesses cálculos?

Veja o valor dos investimentos feitos e defina uma boa margem de lucro.
Use também, fórmulas para precificar, envolvendo todos os custos e fazendo as adequações necessárias. 

Assim, a precificação deve ser feita da seguinte forma:

Pela soma entre custo do produto, percentuais de custos, despesas fixas e variáveis e percentuais de lucro. 
% CF = média mensal de custo fixo x 100 / média mensal de vendas

Depois é preciso determinar a taxa de marcação (TM), a partir da seguinte fórmula: TM = 1 – % CC + % CF + % Lucro / 100.

Você já aprendeu a precificar seus produtos de acordo com as regras tributárias americanas?

3. Tenha um atendimento online de qualidade
Agora, não se esqueça de investir em um bom atendimento em seu e-commerce nos EUA. 

Existem alguns atributos essenciais, como:

Chat com tira dúvidas;
Rapidez de carregamento do e-commerce e das fotos dos produtos;
Fotos de qualidade;
Relacionamento ativo com o lead, através dos vários canais de vendas!
E não somente isso, pois você também precisará de uma contabilidade capaz de te ajudar em vários contextos econômicos e de tributação dos Estados Unidos, de acordo com a região, entre outros detalhes de valores financeiros, contábeis e fiscais!

Portanto, se você deseja mesmo investir em um e-commerce nos EUA, conte com uma contabilidade especializada em negócios no mercado americano!

https://masterconsultores.com.br/e-commerce-nos-eua/
Contact:
Nilton Faria, Partner
(5511) 3294-0080

Scroll To Top